Orçamento de Estado para 2012, Corte do Subsídio de Férias e Subsídio de Natal

Gostou deste Artigo? Partilhe com os amigos

Funcionários públicos perdem subsídio de férias e Natal em 2012.

Vida complica-se em Portugal.

Funcionários públicos perdem subsídio de férias e Natal em 2012.Vida complica-se em Portugal. O Orçamento de Estado para 2012, Corte do Subsídio de Férias e Subsídio de Natal, a crise cada vez mais num caminho deveras perigoso para todos nós Portugueses, pois o primeiro ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, esta noite 13 de Outubro 2011 falou ao Pais com novas e graves medidas de austeridade e que deverão vigorar no ano de 2012 e 2013, enquanto vigorar o plano de ajuda da troika. Anunciou o corte do subsídio de férias e do subsídio de natal nos salários dos funcionários públicos. Esta grave medida abrange também os pensionistas com pensões acima de 1000 euros.Os funcionários públicos com salários superiores a 1000 euros por mês, não vão receber o subsídio de férias, também conhecido como 13º mês e o subsídio de natal, conhecido como 14º mês.Enquanto os vencimentos dos funcionários públicos e pensionistas cujo valor se situe entre o salário mínimo e os mil euros vão sofrer uma taxa de redução progressiva, que corresponderá, em média, a um só destes subsídios.Infelizmente já vi estas medidas serem aplicadas noutro Pais da zona euro e com maus resultados, pois a crise cada vez é mais grave.Esperamos então que não venham mais medidas de austeridade para o nosso Pais.


Gostou deste Post?
Criado por MisterWP - Blogues Profissionais em Wordpress