A importância do Azeite na Alimentação

Gostou deste Artigo? Partilhe com os amigos

Azeite, a importância do Azeite na Alimentação? Produto tradicional e multissecular é hoje cientificamente reconhecido como valiosa fonte de saúde e largamente apreciado pela sua versatilidade insubstituível na gastronomia e na dieta mediterrânica.O azeite é a base da Cozinha Mediterrânica, para além de apurar as características sensoriais dos alimentos que ingerimos, o Azeite apresenta um vasto conjunto de propriedades que resultam numa mais valia de uma alimentação equilibrada e por conseguinte numa melhoria do bem estar geral.
De uma forma geral, o Azeite:
- É constituído entre 55 a 80% por ácidos gordos monoinsaturados;
- Fornece de forma adequada os ácidos gordos essenciais:
Ácido linoleico
Ácido linolénico
Ácido araquidónico
- É rico em vitaminas lipossolúveis:
A, D, E e K
- É rico em antioxidantes:
Tocoferóis;
Polifenóis.

Azeite Nono Sentido

Por estes motivos é que se diz que o Azeite:
- Não eleva a taxa de colesterol total e aumenta as lipoproteínas de alta densidade (HDL), fazendo diminuir o risco de enfarte;
- Diminui a agregação das plaquetas sanguíneas, reduzindo o risco de trombose;
- Reduz a acidez gástrica e tem uma acção eficaz de protecção contra úlceras e gastrites;
- Tem influência benéfica sobre a função biliar;
- Regula o transito intestinal;
- Favorece o normal crescimento ósseo;
- Previne os efeitos nocivos da idade sobre as funções cerebrais e o envelhecimento dos tecidos e órgãos em geral;
- É a gordura ideal para fritos, já que resiste bem às mais altas temperaturas ( temperatura crítica 210º C);
- É ideal para as conservas e pratos pré – cozinhados, devido à grande resistência à oxidação.Na gastronomia tradicional portuguesa, o azeite é um ingrediente assíduo e insubstituível em muitos pratos inclusivamente nalguns doces.

Gostou deste Post?
Criado por MisterWP - Blogues Profissionais em Wordpress